sexta-feira, 11 de maio de 2007

Entrevista Rápida com Marcelo Araújo Guitarrista da Baque Makossa \o/




Marcelo Araújo guitarrista da banda Baque Makossa \o/ e estudante do curso de Radialismo e TV da UFPE, concedeu uma entrevista via e-mail para o Jornal Cultural para falar da volta da banda aos palcos.

Jornal Cultural- A quanto tempo a Baque Makossa \o/ está na estrada e como é essa história, como surgiu a banda?
Marcelo- O Baque existe há cerca de 3 anos. Nós nos conhecemos no Colégio de Aplicação, onde tinhamos aulas de música, e logo nos interessamos por tocar instrumentos e formamos algumas bandas. Alguns anos depois, quando as bandas do Colégio acabaram, nós nos reunimos e formamos o Baque Makossa com a proposta que apresentamos hoje.
Jornal Cultural-
A baque makossa \o/ sempre usou a internet como o maior veiculo de divulgação, vocês disponibilizaram músicas no site, tem comunidade no orkut, você acha que a internet é o futuro, é um meio que só veio para acrescentar ?
Marcelo- A internet é, hoje em dia, sem dúvidas um dos principais meios de divulgação para os artistas independentes. Devido à sua praticidade, fácil acesso e grande alcance, nós a utilizamos com bastante freqüência. Claro que outros meios como rádio e a televisão continuam e continuaram tendo sua importância, mas me parece sim que a internet está assumindo o papel principal no mercado fonográfico, principalmente na cena independente.
Jornal Cultural-
A banda depois de ter dado uma parada volta agora com força total, o show do Domingo no Campus foi sensacional,tinha gente cantado até as musicas novas,agora tem mais 2 pela frente, o do Sábado Mangue junto com a Carfax(dia 12), e o da calorada de comunicação (hoje dia 11), o que vocês estão preparando para essas apresentações que vai marcar a volta da banda?
Marcelo- O show do Domingo no Campus foi muito bom! Tivemos uma resposta muito positiva do público que, apesar do dia nublado, compareceu em grande quantidade. Nós tocamos as músicas que estão na nossa primeira demo e que já circulam na internet e também apresentamos algumas músicas novas ainda não gravadas. Para o Sábado Mangue, o repertório vai ser basicamente o mesmo. Já para a calourada, vamos manter a base do show com nossas músicas, mas vamos rechear com alguns covers conhecidos pela galera.. um pouco de Jorge Ben, Mutantes, Seu Jorge e Bezerra da Silva pra botar a galera pra dançar!
Jornal Cultural-
Em Relação aos projetos da banda, quais são os planos para 2007? O que vem por ai, vai rolar outro Demo com músicas novas ou vão continuar divulgando as músicas do primeiro?
Marcelo- Estamos esperando passar essa onda de shows para entrar em estúdio e gravar um novo demo, que poderá servir de base para gravação do nosso primeiro CD. Depois da gravação, vamos voltar aos palcos para continuar a divulgação do trabalho.
Jornal Cultural-
A banda tem um som caracteristico que mistura música regional pernambucana com outros elementos da música, Quais são as influências da banda? E como é que vocês se definem? (kkkkkkkk)
Marcelo- As influências da banda são da boa música brasileira: Jorge Ben, Lenine, Chico Science e Nação Zumbi entre tantos outros. É difícil definir o som de uma banda atualmente mas, podemos dizer que usamos claramente elementos de Rock, Funk, Samba, MPB, Ciranda, Maracatu e Côco.

Jornal Cultural- Além da Baque Makossa \o/, tu tem outros projetos ?
Marcelo- Não. Todos da banda já tiveram outros projetos mas, atualmente, nos dedicamos exclusivamente ao Baque.
Jornal Cultural-
O Jornal Cultural agora abre espaço para você falar o que quiser para o publico, tem algo mais pra falar?
Marcelo- Apenas agradecer o espaço e convidar todos ao Pátio de São Pedro neste sábado, às 21h, Sábado Mangue com Baque Makossa e Carfax. Sem dúvidas serão dois shows bem especiais!

E pra quem não conhece a banda: www.baquemakossa.cjb.net


Valeu!!! \o/


Entrevistador: Tarcisio Camelo

Um comentário:

thiagoband disse...

a entrevista nem foi curta...ficou legal!
e a banda é legal mermo...
td d bom p o Jornal e p o Baque