sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Giravídeos, Festival de vídeo de Glória do Goitá

Hoje (16) tem o Giravídeos – Festival de vídeo da Zona da Mata Norte de Pernambuco, em Glória do Goitá. A sessão será no Auditório da Escola D. Miguel e traz exibições de vídeos de todo o Brasil. O evento começa a partir das 18h. O projeto é uma realização do Giral - Grupo de informática, comunicação e ação local.

Confira a lista dos filmes selecionados:

Juventude e Tecnologia:
O vídeo conta experiências de jovens e educadores, de Glória do Goitá, a partir da utilização das tecnologias de informação e comunicação para formação de jovens.
Direção: Estudantes da Escola Santa Rita, Glória do Goitá, PE.

Bullying: Estudantes e educadores de Glória do Goitá contam suas experiências e versões sobre o bullying e os conflitos pessoais e sociais gerados a partir dessa prática.
Direção: Estudantes da EREM Barros Guimarães, Glória do Goitá, PE.
Fim inesperado: A história de uma jovem que enfrentou problemas sociais em Glória do Goitá, e, contrariando as expectativas da sociedade, deu a volta por cima e transformou-se numa estudante exemplar.
Direção: Estudantes da Escola Paroquial de Menores, Glória do Goitá, PE.

Preconceito e Discriminação: Com dramatização e literatura de cordéis no ambiente escolar, estudantes de Feira Nova falam sobre preconceitos e discriminações na sociedade e no ambiente escolar.
Direção: Estudantes da Escola Antônio Inácio, Feira Nova, PE.
 
Realidade: Entrevistadas por crianças do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Feira Nova, mulheres contam histórias vividas na época da infância.
Direção: Estudantes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), Feira Nova, PE.
 
Recados para mudar o mundo: Crianças e adolescentes mandam um recado para gestores públicos, empresários e sociedade civil de forma geral, elencando os pontos ruins da sociedade e suas visões para mudar o mundo.
Direção: Estudantes da Escola Maria Elzanira, Glória do Goitá, PE.

A gente é assim! Vídeo realizado pelo grupo do Projeto Fliperama sobre estilos e tribos de jovens que vivem em municípios periféricos da Grande São Paulo. Jovens de diversos grupos freqüentam uma praça localizada no município de Taboão da Serra: punks, góticos, roqueiros, skatistas e outros. O vídeo busca se aproximar da realidade desses jovens e os convida a dizer o que pensam. Com isso, traz à tona confissões, críticas so sistema, canções, indignações e reflexões sobre o mundo
Direção: Renato Farias, São Paulo – SP.

Cavalo Marinho: no passo da brincadeira: O Cavalo Marinho, apesar de ser uma das manifestações mais populares da zona da mata norte de Pernambucoe do sul da Paraiba, ainda é pouco conhecido tantos nesses dosi estados, quanto no resto do Brasil. Este documentário retrata os principais aspectos desse divertido e contagiante folguedo, uma mistura de teatro de rua, dança, poesia e muito improviso
Direção: Clécio Sobral e Magda Negromonte, Jaboatão dos Guararapes, PE.

Do Bagaço à Liberdade: O documentário do Bagaço à Liberdade retrata a resistência dos camponeses contra a violência do latifúndio canavieiro do nordeste do Brasil. O vídeo mostra como trabalhadores que antes eram explorados no corte da cana encontram uma saída para reconstruírem suas vidas e dignidade. Neste processo, o marco mais importante é o que eles chamam da conquista da liberdade, obtida através da luta pela terra e por um modelo agrícola voltando para a produção de alimentos.
Direção: Maria Luisa Mendonça, Marluce Melo, Plácido Júnior, Thalles Gomes, Recife – PE.
 
Título: I Live My Life For You: Esse documentário é um videoclipe de uma musica internacional que foi dublado por jovens estudantes.
Direção: George, Glória do Goitá, PE.

II Jornada Pedagógica de Educação do Campo: O vídeo foi realizado durante a II Jornada Pedagógica de Educação do Campo. A produção está centrada nas experiências em educação popular e na Proposta Educacional de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável.
Direção: Diego Gouveia Moreira, Recife, PE.
 
Inacabado: Você que encontrar esse filme, tem por obrigação distribuir e divulgar esta obra prima de alguém tão especial e único quanto eu, Jorge Alves. Em suas mãos esta o futuro do cinema nacional a partir de agora e só dependerá de você qual será o seu destino. Cabe só a você esta decisão.
Direção: Márcio Farias, Recife – PE.
 
No Limite: Qual é o seu limite? Jovem criado por um pai violento, chega ao seu limite quando leva uma surra sem motivo algum. Essa brutalidade gera um sentimento de ódio que o faz vingar-se friamente de seu pai. Desesperado, corre freneticamente pelas ruas da cidade, indo ao encontro da sua banda preferida.
Direção: Adalberto Oliveira, Olinda – PE.

O Ato Inesperado: O vídeo conta a história de um sujeito simples, que vai a uma loja de sapatos comprar um tênis. Chegando lá, se depara com duas mulheres que pensam que ele não tem dinheiro para comprar uma sandália.
Direção: Márcio José Ribeiro, Lagoa de Itaenga, PE.

O lugar onde se fala o melhor português no Brasil é o Maranhão: Ao decorrer deste vídeo veremos que não há lugar, não há cidades e nem pessoas que sabem falar mais, ou melhor, do que os outros. A língua portuguesa, ela não se altera, não muda, são as pessoas que acham que há vários meios de linguagem, muitas pessoas pensam que pobre fala errado, pessoas de mais idade também não sabem falar, mas isso é apenas um preconceito lingüístico, isso não existe.
Direção: Taylane Andreza, Lagoa de Itaenga – PE.
 
Relações Invisíveis: André, interpretado por Matheus Machado, vê seu presente se despedaçar ao se deparar com uma notícia inesperada, e o futuro que antes parecia tão certo, agora lhe faz repensar o significado dos encontros casuais. Mariana (Ghita Galvão) resolve tomar as rédeas da sua vida, escrever algo novo em uma existência preto e branco. Um relacionamento construído dia após dia, em silêncio. Ontem não sabiam nada um do outro, além de nome, hoje, conhecem cada parte de uma vida vazia.
Direção: Alison Ventura, Cabo de Santo Agostinha – PE.
 
USINA: Do estado bruto da cana à pureza do açúcar. Os ciclos da natureza submetidos à força e movimento da máquina infatigável e impassível.
Direção: Pedro Coelho, Recife – PE.

2 comentários:

Mistureba disse...

Como eu faço pra assistir a um vídeo desses? Nem poderia me deslocar de Recife para lá na data e ainda por cima vi hoje. Tem outra opção para que eu assista o que me interessei?
Abraços

Tarcísio Camêlo disse...

Alguns destes vídeos estão no youtube, outros só em festivais mesmo. Acredito que quando circular por mais festivais, outros entraram também.