domingo, 17 de junho de 2007

Descobrindo o Recife: Sítio da Trindade


Depois de um bom tempo sem postar a coluna Descobrindo o Recife, para esse texto em especial, resolvi fazer algo diferente, utilizei uma forma que faz parte da nossa cultura nordestina, a literatura de cordel, para expressar o Sítio da Trindade, que fica localizado na estrada do Arraial, Casa Amarela-PE.


A história do Sítio da Trindade



Vou Contar uma História
Que ficou na memória
De todos os Pernambucanos
Que pode ser Fulano ou Sicrano
Mas sempre irão lembrar
Com emoção Seja com ódio
Ou com paixão.

Com a tentativa dos Holandeses
Expandirem o domínio territorial
Pernambuco montou um foco de resistência
Que era chamado de arraial
“Arraial do Bom Jesus”
Pois, teve esse nome Por causa
De uma capela que existia no local.

Os holandeses nunca iriam achar
O arraial, poderiam procurar, procurar
Mais não iriam encontrar
Aquele lugar
Se não fosse Calabar
Para chegar e falar:
- Essa é a Estrada do Arraiá.

Calabar como grande conhecedor da região
Deu toda a informação
E ficou conhecido como o traidor da nação
Mais tem gente que acha ele um herói
E que mostrou o caminho da salvação
E salvou toda a nação.

Calabar foi enforcado
E esquartejado, Ainda ficou
Com a fama de safado E de mal amado
Mais afirma ter feito isso pela nação
Porque acreditava que os holandeses
Iria por fim a escravidão
E a exploração.

Com a dominação dos holandeses
A religião que teve maior predominação
Foi a dos mesmos, o calvinismo,
Mais liberou a prática do catolicismo
E outras religiões
De diferentes nações

Depois desse acontecimento
Uma família de pernambucanos
Descendentes de italianos
Com o nome de Trindade Peretti
Sendo ela que residiu
Naquele no local
Onde era o velho arraial

Até uma certa época
Viveram felizes naquele lugar
Um espaço bom para se morar
Terra boa para se trabalhar
Um espaço farto para criança brincar
Mais um dia eles tiveram
Que se desapropriar

Com a desapropriação
Deu origem ao nome sítio da trindade
Um presente para a nação
De verdade
Hoje o forte real
Fica na estrada do arraial
Esse é o local

Hoje os pássaros
Cantam com alegria
Todos os dias,
As árvores conseguem passar
Uma tranqüilidade que contagia.
E agora o arraial
É um espaço multicultural!

Nos tempos modernos
O sítio recebe
Oficinas teatrais
Apresentações musicais
De artistas regionais
Onde abriga vários
Eventos culturais

O sítio da Trindade
É um lugar de dignidade
Um espaço para a cultura popular
Toda manifestação cultural
Se encontra no arraial
Pode procurar que lá
Você vai encontrar

Com o Sítio a cidade fica
Bem mais rica
Mais bonita
O contato com a natureza
é um beleza
uma boa opção de lazer
pode crer!

O Sítio nas festas juninas
É só emoção
Pode ser meninos e meninas
Que é muita animação
Com muitos fogos, fogueira e balão
Forró, xaxado e baião
Para animar a multidão

E assim fazer do São João
A festa que valoriza a tradição
Uma festa para orgulho da nação
E de qualquer cidadão,
O sítio da trindade
Faz a alegria da população
Com dignidade

O sítio também faz a maior festa
No período natalino
Mulheres, homens, meninas e meninos
Vão comemorar o período do natal
No antigo arraial
Onde é mais um espaço
Para a produção cultural

No Natal o sítio prepara
uma grande programação
Artistas de vários estilos que fazem a apresentação
Onde o público comparece com emoção
Que com a harmonia
Fazem a alegria no natal
Do velho arraial

No dia-dia
Existe uma grande diversidade
No sítio da trindade
Para a alegria da cidade
Lá a arte é para todas as idades
Tanto faz está ou não na mocidade
Todos são tratados com igualdade

A cultura é tratada com lealdade
Com muito respeito é verdade,
Espero que o sítio da trindade
Dure uma eternidade
E continue fazendo a alegria da cidade
Para um espaço como esse não tem idade

Pense um lugar
Bom para visitar
Para festejar
Para dançar
Ou até quem sabe relembrar
A época de Calabar
Que mostrou a estrada do arraiá

Para os holandeses conquistar
O nosso lugar,
Vamos lembrar
E poder refletir
Sobre tudo que aconteceu por aqui
Até agora no arraial
Até chegar a ser esse espaço cultural

Gostaria de agradecer
Por você ler
Este cordel
Contando a história
Do sítio da trindade
Que vai ficar na memória
De todos os cidadãos de verdade!

Tarcisio Camelo

3 comentários:

kau disse...

Parabéns Tarcisio! O cordel está muito legal Eu não conheço a história real do Sítio mas preciso. Para um trabalho de faculdade. Depois te conto se é esta de verdade!

Anônimo disse...

poxa maginifico esta hitoria adorei bastante mesmo
estava aprocura desta pagina
agora quando eu passar no sitio da trindade eu tenho uma velha historia pra se contar para colegas e filhos e familiares
moro perto deste tesouro sou fã das festas juninas e multi cultural q acontecem no sitio
maravilha de sitio uma erança nobre deixada por essas geraçoes

ass: well assis

JUAREZ SOM DE CASA disse...

TARCISIO meu nome é Juarez sou músico e produtor das bandas de rock de casa amarela, temos um cena muito forte com mais de 40 bandas e queremos divulgar o nosso FESTIVAL DOM DE CASA II que vai ocontecer no pátio de casa amarela na rua entre a feira e mercado publico dias 13 e 14dezembro/2008.

Estarei enviando o cartaz via e-mail para vc ok.

Agradecemos o seu apoio.

Juarez: 081-8811-7764.